sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Libertos que tornam ao jugo de servidão, entendam


Paulo de Tarso, em Gálatas 5.1 nos ensina: "Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão".

Isto significa, resumidamente, que não devemos abrir mão do ACESSO DIRETO a JESUS CRISTO, caminho único para DEUS. Então:

  1. Que não se interponham ídolos de carne (sacerdotes, santos, profetas, médiuns, adivinhos, artistas, discipuladores e mestres), pedra, madeira, gesso, metal e plástico entre nós e nosso DEUS, pois Ele já proveu o caminho.
  2. Que não se interponham rituais proféticos, impositivos, metafóricos, tradicionais ou modernos, heterodoxos ou ortodoxos entre nós e o nosso DEUS, pois de nós Ele quer apenas o coração contrito e não coreografias e pantomimas cosméticas.
  3. Que não se interponham sacrifícios de animais, vegetais, minerais ou financeiros entre nós e o nosso DEUS, pois de nós ele demanda apenas obediencia (amais-vos uns aos outros e a DEUS acima de tudo e todos) e não sacrifício, que não o de louvor.

2 comentários: