quinta-feira, 11 de novembro de 2010

"Código da Bíblia", a mais nova fraude religiosa chega aos cinemas

Este livro é um dos vários casos de oportunismo literário-religioso que assolam o mundo nesses dias. 

Nem mesmo o autor acredita nessa balela que ele transformou em livro, com o exato e único objetivo de fazer dinheiro. Ele sabe que não descobriu segredo algum. Ele sabe que a estrutura do idioma hebraico permite 'brincar' com rearranjos das letras, pois é uma escrita sem vogais (que só foram inseridas séculos mais tarde, para facilitar o entendimento pelas futuras gerações de estudantes não-judeus). 

Nenhum outro idioma no mundo moderno permite esse tipo jogo, daí a reunir o hermetismo de um idioma antigo, cuja escrita só tem consoantes, associado ao texto sagrado e começar a fazer joguinhos de leitura diagonal com sete, dez e doze consoantes por vez é forçar demais uma fraude evidente, recheada de falsas profecias, na qual muita gente que ouve o galo cantar e não sabe onde - pseudo-estudantes da cabalah judaica - fica maravilhada e atonita diante de tanta enganação reunida. 

Bem... foi-se Nostradamus com as suas Centúrias quando o mundo não acabou na virada do século, foram-se as profecias do fundador dos Testemunhas de Jeová, que também ia pelo caminho do 'mestre' Nostradamus. Foram-se tantas outras escatologias delirantes de iluminados que mais eram 'ofuscados' pela luz delirante que eles mesmo acenderam nas suas mentes 'brilhantes'. 

Se juntarmos Michel de Nostradamus e Michael Drosnin, 'profeticamente' falando, podemos utilizar os mesmos métodos deles e chegar à conclusão que, de Michel para Michael, esse tipo de 'profetada' é 'coisa de Migué', como se dizia décadas atrás para qualificar atos tolos e imotivados praticados por alguém. 

Nada contra os 'Miguéis' do bem, fique bem claro.

Livro sobre código secreto da Bíblia chega ao cinema em 2012

Dan Brown fez escola. Sucesso mundial graças a “O Código Da Vinci”, que já virou filme dirigido por Ron Howard e estrelado por Tom Hanks, o autor popularizou de vez a ideia da existência de códigos secretos em obras de sucesso. Pois agora chegou a vez da Bíblia ser o foco central desta busca.
 Dan Brown fez escola. Sucesso mundial graças a “O Código Da Vinci”, que já virou filme dirigido por Ron Howard e estrelado por Tom Hanks, o autor popularizou de vez a ideia da existência de códigos secretos em obras de sucesso. Pois agora chegou a vez da Bíblia ser o foco central desta busca.

A série literária “Bible Code”, de autoria de Michael Drosnin, teve seus direitos de adaptação para o cinema adquiridos pela Relativity Media. A trama é focada em um código secreto de mais de três mil anos, encontrado na Bíblia, que prevê acontecimentos como os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, a eleição do presidente americano Barack Obama e o assassinato do primeiro ministro israelense Yitzhak Rabin.
A intenção da Relativity, que recentemente passou também a distribuir os filmes que produz, é que o primeiro longa seja lançado em 2012. Ainda não há informações sobre quem assumiria a direção ou integraria o elenco.
Até o momento, foram lançados três livros da série: “The Bible Code”, “Bible Code II: The Countdown” e “Bible Code III: Saving the World”.

Fonte:Diário Gospel

3 comentários:

  1. Vejam só que absurdo essa história de código da Biblia.Se fosse verdade que o mundo fosse acabar em 2012, ou que em 2012 fosse haver uma catátrofe de ambito mundial,voces não acham que os que estão anunciando isso tudo estão tranquilos demais e pensando até em fazer filme?Os ricos e os poderosos deste mundo estariam desesperados pensando em como se livrar,no entanto quem são os que estão financiando esse filme do código da bíblia?Por acaso não são os ricos?Então tudo isso não passa de mais uma forma de ganhar dinheiro ás custas dos curiosos e dos famintos de alguma coisa que seja verdade evenha lhes trazer alguma esperança neste mundo capitalista horroroso em que vivemos,onde dinheiro vale mais do que a vida humana de muitas pessoas adultas e crianças.Acho que a elite do mundo está ficando louca,achando que crucificando vidas vão chegar em algum lugar.Acredito sim no fim deste mundo mas não acredito em datas.O próprio Senhor Jesus disse que nem Ele sabia o dia que isso iria acontecer,mas que vai acontecer vai,porque não é possível que os homens terríveis, as corporates; não tenham um justo castigo pelos terríveis males que causam á natureza e á uma humanidade inteira.Os homens vão ter que encarar as consequencias de suas atitudes para com a natureza,seus semelhantese principalmente para com Deus o Criador de todas as coisas.Como será que Barack Obama vai se justificar perante Deus por ter ridicularizado a Biblia que é a Palavra de Deus escrita;perante o mundo inteiro,como ele fez outro dia via satélite?Em vez de trazer uma mensagem de paz e de crença em Deus,trouxe uma mensagem de incredulidade e frieza perante o mundo todo. O que é que ele merece e todos aqueles que só,só e só pensam em dominação e dinheiro?Aresposta fica acargo da consciencia de cada um.

    ResponderExcluir
  2. Este livro é uma piada. Só acertou acontecimentos passados. Fazer previsões que já aconteceram é só caça palavras. Mas dizer o que vai acontecer...não é simples, tanto que não acertou nada.

    ResponderExcluir